sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

A Magia do Pau-Brasil

Muita gente não sabe que o pau-brasil também é utilizado nos cultos místicos. Além de possuir vários usos já conhecidos, esta árvore genuinamente brasileira também é cheia de místérios! Conheça agora a magia do pau-brasil!

*Nome Científico: Caesalpinia echinata (planta que deu nome ao Brasil)
*Reino: Plantae
*Divisão: Magnoliophyta
*Classe: Magnoliopsida
*Ordem: Fabales
*Família: Fabaceae
*Subfamília: Caesalpinioideae
*Gênero: Caesalpinia

*Pau-brasil em outras línguas
-Alemão: Brasilholz
-Chinês: 巴西红木 (bāxī hóngmù)
-Dinamarquês: Brasiltræ
-Inglês: Brazilwood
-Espanhol: Palo Brasil
-Esperanto: Brazil-arbo
-Francês: Pernambouc
-Japonês: ブラジルボク (burajiruboku)

*Uso Místico do Pau-Brasil
*Regência Astrológica: Sol (regente dominante); Júpiter (regente secundário).
*Horário de colheita: Deve ser colhida durante o dia (antes que anoiteça), em um domingo ou quinta-feira, no horário do Sol.
Propriedades
*Madeira: Produz ótimas varinhas ritualísticas; relacionada a força e coragem.
*Flores: Brilho pessoal, luz, criatividade, energia, afasta trevas.
*Folhas: descaregos energéticos.
*Sementes: Prosperidade e Fertilidade.

*OBS: O pau-brasil também recebe influência astrológica e Marte.

USOS
-Patuás (especialmente para prosperidade e fertilidade).
-Defumações (folhas->banimentos, descarrregos).
-Talismãs
-Poções (águas de cheiro, banhos, etc)

sábado, 20 de setembro de 2008

Magia Verde: A Magia da Carnaúba

CARNAÚBA
Classificação Científica :
*Reino: Plantae.
*Divisão: Magnoliophyta.
*Classe: Liliopsida.
*Ordem: Arecales.
*Família: Arecaceae.
*Gênero: Copernica.
*Espécie: Copernicia prunifera.
*Nome binomial: Copernicia prunifera. (Miller) H.E. Moore.


Uma árvore abundante na região de Nordeste do Brasil, a carnaúba, além de possuir diversos usos na medicina alternativa e na produção de cera, ainda tem diversas aplicações na magia. É uma planta tão rica que ficou conhecida por alguns como "Arvore da vida". O nome Carnaúba é derivado do idioma Tupi e significa "Árvore que arranha", por causa do tronco espinhoso que a planta possui. É conhecida também por diversos outros nomes, tais como: Caranaíba; Carandaúba; Carnaba; Carnahyba e Carnaúva.
A Carnaúba é uma planta regida pelo Sol, ou seja, possui em si a energia e a magia deste astro. Seu elemento é o Fogo. Em usos mágicos, as folhas da planta servem para a confecção de ótimas vassouras para banimento, pois a influência de Marte que também se faz presente nessa planta ajuda a banir más energias.Em defumações, as folhas ajudam a dissipar males. A planta é associada a força, resistência, vitória e coragem. Os "espinhos" das folhas podem ser extraídos e usados na confecção de pára-raios energéticos, pois é um ótimo método para evitar efeitos de mau-olhado, inveja, magia negra, etc. Para fazer um pára-raios energético é simples, você pode fazer colocando espinhos de carnaúba juntos com pimenta enfiados em uma cumbuca de sal, dessa maneira estará evitando que a influência negativa possa lhe atingir!

sexta-feira, 18 de julho de 2008

A Magia do Jiló (Solanum gilo)

*Divisão: Magnoliophyta
*Classe: Magnoliopsida
*Ordem: Solanales
*Família: Solanaceae
*Gênero: Solanum
*Espécie/Nome científico: Solanum gilo.
*Origem: África Ocidental, América do Sul ou Antilhas.

É famosa a expressão brasileira "Amargo que nem jiló", que faz uma comparação do fruto com situações ou pessoas "amargas". Outro adágio popular afirma que "tudo o que é amargo cura", tal frase pode ser aplicada ao caso do jiló, que pode ser usado como ótimo remédio para facilitar a digestão de gorduras e combater problemas do fígado.
O uso do jiló na magia em geral é ainda um mistério, mas tudo tem que ter um começo...e se ninguém tiver feito nada...faça você mesmo! É tentando que se consegue descobrir algo! Vamos lá! Ao analisar uma planta do ponto de vista "mágico", devemos primeiramente estabelecer relações do vegetal com simbolismos, formas, cores, etc.
Analisando essa espécie, logo percebi que é regida por marte. Tal regência astrológica pode ser percebida em diversas características peculiares da planta, como por exemplo: o sabor amargo e a aspereza da planta. as plantas da família "Solanaceae" (EX: tomate, estramônio)geralmente são regidas por marte, muitas vezes possuem propiedades venenosas e formatos agressivos. Com o jiló a influência de Marte está presente especialmente no sabor amargo.
Nos trabalhos de magia geralmente são feitas associações entre alguma coisa física e um correspondente espiritual. No caso do jiló, o sabor amargo pode ser associado a situações, momentos ou coisas desagradáveis que possam existir em nossas vidas. Sendo assim, diversos usos mágicos poderiam ser desenvolvidos com esta planta. Eu elaborei alguns modelos de "sortilégios" e magias que podem ser desenvolvidas com o uso do jiló:
*MAGIA PARA FAVORECER O "BANIMENTO" DE ALGO INCÔMODO


(Serve para situações, doenças, problemas e também serve para gente desagradável;obs: nesse feitiço deve-se levar em conta alguns valores éticos, pois na bruxaria acredita-se que tudo o que vai retorna, portanto, cada um é responsável por suas ações!).
--> Em um horário e em um dia de Marte (Terça-feira), colha um jiló(pode ser um jiló comprado!rs), escreva em um pequeno pedaço de papel o problema que lhe incomoda (pode desabafar!). Se o problema for uma doença, escreva "doença de fulano"(EX: gripe de Renatinha, furúnculo de pedrinho). Se for uma pessoa escreva somente o nome da criatura...Se for uma situação aí você pode fazer um texto decrevendo tudo e se lamentado. Desabafe! Chore! Descarregue todos os seus problemas no texto! Quando terminar de escrever, faça um pequeno corte ao longo do jiló; se preferir, pode fazer um furo na fruta. Dobre o pedaço de papel e enfie dentro do jiló, de maneira que não fique nenhum pedaço do lado de fora. Depois de fazer isso, ponha as suas mãos em volta do jiló sob forma de concha, mentalizando todos os seus problemas sendo comprimidos para dentro do jiló. A vizualização é uma parte muito importante do feitiço, por isso requer concentração. Você também pode recitar cânticos ou encantamentos de banimento. Depois de ter esvaziado seus males, guarde o jiló em um local escondido e deixe-o secar. Quando o jiló secar você deverá queimá-lo. É importante lembrar que o jiló não deve ser enterrado e nem jogado fora, pois caso as sementes cheguem a germinar, seus problemas germinarão com elas. Nessa magia, seus problemas são eliminados ou reduzidos a medida em que o jiló seca. Quando você queima o jiló elimina a possibilidade das sementes germinarem, por isso esse é o método mais seguro. Se quiser pode pinicar e fatiar o jiló para facilitar a secagem, mas aconselho fazer isso só depois de um dia, caso o jiló começe a apodrecer...

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Magia Verde

Confira um video exclusivo do programa "Magia Verde"! Nessa edição você aprenderá sobre as propiedades místicas da exótica planta "língua-de-dragão". Além disso ainda aprenderá uma receita de poção feita com a planta!
video

sábado, 17 de maio de 2008

A Magia das Poções Mágicas

*1-Para que servem as poções?
As poções são recursos da magia que estão disponíveis para qualquer praticante de magia que queira beneficiar-se delas. As poções podem ser usadas em diversas ocasiões; para diversos fins. Desde atrair uma pessoa até matar um inimigo estão entre as funções de uma poção. Com o aperfeiçoamento de um praticante de magia na arte de preparar poções, seu poder aumenta consideravelmente e as forças da Natureza tornam-se seus aliados. As poções não devem ser usadas banalmente, mas sim em momentos realmente necessários. Um bruxo deve usar as poções como “instrumentos equilibradores”, ou seja, recursos para ativar ou equilibrar determinadas energias que encontram-se em excesso ou em falta. Por exemplo, se você está muito apático ou indiferente, uma poção com energia de marte é uma ótima solução para seu problema! Se você precisa abrir seus caminhos amorosos, use uma poção que ative essa energia! Só não vale ficar desequilibado, né!

*2-Tipos de poções:

Existem vários tipos de poções que podem ser diferenciadas a partir da maneira como são preparadas ou usadas .Veja a seguir alguns tipos de poções:

#Poções para ingestão:
•São todas as poções que podem ser ingeridas. Ex: Chás; sucos; sopas; cremes; melados;pós comestíveis;etc.

#Poções/ Inaladores:
•São poções que bastam ser inaladas para que façam efeito. Podem ser inaladas por quem a faz ou por quem pretende-se encantar. Ex: Perfumes; vapores aromáticos; etc.

#Poções/ Banhos:
•São poções que se usam sob forma de banhos.

#Poções/ Lava-pés:

•Poções preparadas exclusivamente para energizar os pés.

#Poções/ Aspersores:
•São aquelas poções que usamos aspergindo por todo o ambiente que está sendo encantado. Geralmente são poções para exorcismos, que são usadas para limpeza astral; mas também podem ser poções de amor, que são aspergidas no local de um encontro.

#Poções Solúveis:
•São aquelas geralmente preparadas com uma concentração muito grande de ingredietes e que podem ser misturadas à perfumes, óleos , produtos de limpeza e diversos outros preparados.

#Poções/ Perfumes:
•Podem ser águas de cheiro, perfumes ou óleos aromáticos que se usam no corpo para obter determinada finalidade ou atrair energias ou entidades específicas.


*O Contexto Preparatório de uma Poção:
Dicas:
Durante o preparo de uma poção mágica devem ser observados diversos detalhes que, se bem trabalhados, podem fazer toda a diferença!!! Quando for preparar uma poção, é importante observar a influência astrológica do momento. O dia, o horário, a fase da Lua e outros fatores astrológicos podem ser decisivos para a eficácia de um preparo mágico, por isso é muito melhor colocar todos esses fatores a seu favor! Não são só os fatores astrológicos que influem nas poções, mas também diversos outros detalhes; esses subdetalhes podem ser divididos em :


*Detalhes maiores:São fatores que tem grande influência sobre o preparo da poção. A colheita dos ingredientes utilizados; o estado de espírito no momento do preparo, o ambiente onde se prepara a poção, a forma como se mexe a poção, a maneira como ela é preparada, etc.

*Detalhes menores: Apesar de serem cuidados secundários, não deixam de ser importantes, pois podem fortalecer consideravelmente a eficácia da poção.São detalhes como acender uma vela ou um incenso durante o preparo; vestir uma roupa ritualística ou com cor astrológica favorável; banhar-se com água energizada, etc.


*E as ervas! Ferver ou não ferver? Eis a questão!!!
Há muita divergência de opiniões quando o assunto é “fervura de ervas na magia”. Alguns místicos acreditam que ervas mágicas jamais devem ser fervidas, pois suas propiedades são perdidas ou porque “as plantas” (espíritos vegetais) ficam ofendidas quando fervemos suas partes. Até certo ponto isso tem um pingo de verdade. Através de experiências própias posso afirmar que as ervas podem sim ser fervidas; porém, isso depende de quais ervas trabalhamos e do estado em que estas ervas se encontram!

Ervas frescas não devem ser fervidas, pois liberam suas propiedades sem precisar de fervura. No caso de ervas secas, a fervura é uma espécie de “despertador”, que libera as propiedades dormentes na erva! No caso de flores frescas, jamais ferva, pois as fadas vegetais acompanham as suas flores até que estas sequem. Quando as flores estiverem secas, pode ferver, mas lembre-se de dizer a frase abaixo(ou algo parecido):
Que as fadas despertem a magia desta(s) flor(es)!Que assim seja e assim se faça!

*O horário do preparo
Ao preparar qualquer poção mágica, baseie-se na Tabela de horários planetários, que pode ser facilmente encontrada. Quando você precisar preparar uma poção urgentemente e não puder fazer isso em um momento astrológico favorável, então procure falar sempre esta frase antes do preparo:

"Que todas as correspondências astrológicas estejam corretas para este trabalho mágico."
#Use a tabela de horários e dias mágicos de acordo com a intenção da poção que você for fazer. Ex:Poções para o amor no horário de Vênus ou da Lua; poções para coragem no horário de Marte, etc.

*O significado de cada horário
Cada astro influencia de maneira diferente na magia das poções, por isso é importante conhecer as áreas em que cada planeta interfere. Veja:
#SOL: Influencia em magias ligadas ao brilho pessoal, fama, fortuna, prosperidade, luz e banimento das trevas, etc.
#LUA: Influencia tudo o que diz respeito a magia, mistério, ocultismo, viagens ,ondinas , sonhos, mudanças, vidência, sentimentos, etc.
#MARTE: Influência sobre assuntos ligados a lutas(judiciais, contra uma doença ,contra uma entidade...), batalhas, conquistas, coragem , iniciativas, ousadia, ânimo, etc.
#MERCÚRIO: Influi em magias que beneficiem a mente, que envolvam intelectualidade, estudos, projetos,dinamismo, criatividade, coisas escritas, etc.
#JÚPITER: Influi sobre assuntos financeiros, negócios, prosperidade, abundância, crescimento, dinheiro, fertilidade, etc.
#VÊNUS: Possui forte influência sobre assuntos amorosos, uniões, casamentos, afeição, carinho, sensualidade, sexualidade, procriação, fertilidade,etc.
#SATURNO: Interfere em coisas que tenham natureza durável, coisas fixas, casas, terrenos, etc. Saturno também é conhecido por influir fortemente em magia negra, sexo carnal, etc.

*As Fases da Lua
Outro detalhe a ser analisado na hora do preparo das poções é a fase da Lua, pois segundo a astrologia cada fase influi de maneira diferente na magia. Veja a seguir qual fase é melhor para o preparo da sua poção:
#LUA NOVA: Período propício para magias que envolvam estudos, pesquisas, atividades em grupo, concentração, meditação, auto-conhecimento, novas idéias, crescimento, expansão, emprego, etc.
#LUA CRESCENTE: Magias que favoreçam desenvolvimento, crescimento, prosperidade, expansão, adiantamentos, começos, etc.
#LUA CHEIA: Ótima para lançar magias de amor, de fertilidade e obtenção de luz. A Lua Cheia é uma fase especial em que todo tipo de magia tem seu efeito potencializado.
#LUA MINGUANTE: Bom período para acabar relacionamentos e situações. Momento de dissipar energias; desintegração, reflexão, exorcismos, etc. Durante a Lua Minguante não é aconselhável realizar nenhum tipo de magia relacionado a construção, amor, dinheiro, etc.

*A Colheita dos Ingredientes:
Para que o poder de sua poção seja potencializado é importante ter alguns cuidados com os ingredientes utilizados. Quando for usar ervas, procure saber a procedência, o horário da colheita, etc. Ervas ficam mais potentes quando colhidas no horário do seu regente astrológico, por isso procure colhê-las você mesmo (quando possível) ou ao menos tente obtê-las procurando saber sua procedência.
*O Estado de Espírito:
Um detalhe importantíssimo na hora de preparar uma poção é o estado de espírito de quem a prepara. O estado de espírito de quem faz a poção tem considerável influência sobre o efeito da magia, por isso é importante estar em equilíbrio com a energia com a qual se está trabalhando. Se for uma poção para destruição, sinta Raiva, ódio, sentimentos destrutivos...Se for uma poção para o amor, visualize momentos de carinho, amor, etc...
*O Ambiente:
Algo que não pode ser esquecido durante o preparo da poção é o ambiente onde ela é feita. O preparo deve ser feito em um ambiente com vibrações semelhantes ao efeito desejado para a sua poção. Se for uma poção maléfica para morte, faça ela em um ambiente mórbido. Se for uma poção de equilíbrio, faça ela em um ambiente agradável. Vários detalhes compõem um ambiente na hora do preparo de uma poção.
-Velas: Acenda uma durante o preparo. Cores e formas variam de acordo com o objetivo.
-Incensos: É sempre bom para invocar energias que se deseja para fortalecer a poção. Os aromas variam de acordo com a finalidade da poção.

*Como se Mexe a Poção!
Até isso! Você deve estar pensando! Pois é, até a forma como a poção é mexida pode influir em seus efeitos!
#Quando mexer no sentido horário?
Poções para construção, aquisição, crescimento, benefícios, banimentos pela energia benéfica, etc.
#Quando mexer no sentido Anti-horário?
Poções para términos, destruição, poções de vingança, magia negra, banimentos pela força, etc.

*Os instrumentos:
Para o preparo de poções mágicas os bruxos costumam montar seu próprio “Laboratório de alquimia”, que pode ser bem simples, mas facilita bastante a vida de quem faz poções. Veja alguns instrumentos que podem “fazer a diferença” na hora do preparo!

-O CALDEIRÃO: Esse é indispensável, deve ser de barro,ferro, vidro, ágata ou cerâmica. Caldeirões de alumínio não são usados em magia, mas alguns bruxos utilizam ele com bons resultados depois de “consagrados e encantados”.
-O RALADOR: Um “bichinho” que facilita pra caramba na hora de pinicar rizomas e bulbos como o gengibre e outras ervas que precisam passar por tal processo.
-O PILÃO: O pilão é um instrumento com um buraco e com um pau onde você pode meter várias coisas. Pare de rir! No pilão, você pode macerar com mais facilidade ervas e pode preparar ungentos e pós com muito mais comodidade! Bendita bruxaria moderna!
-A COLHER DE PAU: Como a colher de alumínio(a mais comum) é acusada de interferir na magia da poção, então a solução é ter uma colher de pau, que é neutra! Ah! Nem pense em consagrar colher de alumínio para usá-la! Deixe de ser pobre e compre uma colher de pau que é baratinha!
-PENEIRA: É ótima para coar as poções, tem quem prefira os filtros de papel para este mesmo fim.
-FILTROS DE PAPEL: Tem a mesma função de uma peneira convencional, mas filtra muito melhor e é muito mais prática.

*O que deve ter no laboratório de alquimia do feitor de poções mágicas ? !

É fácil montar um pequeno “laboratório de alquimia”, se não puder expor suas práticas mágicas, guarde seus estoques de objetos mágicos em caixotes de madeira ou papelão (como eu fazia para esconder minhas ervas e especiarias da mamãe!!!). Veja algumas “coisinhas” básicas que é sempre bom para um bruxo ter em seu “laboratório”.
ESSÊNCIAS – INGREDIENTES RAROS – GARRAFINHAS ESTERILIZADAS - ERVAS DE TODOS OS TIPOS - VELAS E INCENSOS –CONDIMENTOS – ÁGUA DA CHUVA -INSTRUMENTOS.
Esse material foi elaborado por mim com base em pesquisas e experiências pessoais. Espero ter ajudado em seu caminho mágico! Faça bom uso do conhecimento! Abraços de Luz!

quarta-feira, 14 de maio de 2008

Erva "Amor Agarradinho"


*Nome popular: Erva-amor-agarradinho.

*Nome científico: (Antigonon leptopus).

É uma planta originária do México, onde é conhecida como "corrente-do-amor". A erva "amor-agarradinho" é uma trepadeira atraente, possui muitas flores semelhantes a pequeninos corações. A cor rosa-shocking é a mais comum e também a mais vistosa. Há variedades com flores singelas ou dobradas, brancas ou rosa-claro. Também é conhecida em alguns lugares como "amor-agarrado", "amor-entrelaçado", "cipó-coral", "cipó-mel", "entrada-de-baile", "georgina", "lágrima-de-noiva", "mimo-do-céu" e "rosália", é uma das mais importantes plantas melíferas, sendo umas das preferidas pelas abelhas e muito aconselhada para apicultores. Na magia e bruxaria, comumente podemos perceber essa planta sendo solicitada em feitiços, poções, mandingas e simpatias que envolvam assuntos do campo sentimental! É regida por vênus, podendo ser usada para o preparo de tinturas e poções que envolvam a energia deste regente.

sexta-feira, 18 de abril de 2008

Língua-de-Dragão (Fotos detalhadas)

Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Lamiales
Família: Acanthaceae
Gênero: Acanthus L.
Espécies de Língua-de-dragão:
Acanthus balcanicus
Acanthus dioscoridis
Acanthus eminens
Acanthus hirsutus
Acanthus hungaricus
Acanthus ilicifolius
Acanthus mollis
Acanthus montanus
Acanthus polystachyus
Acanthus spinosus
Acanthus syriacus




sexta-feira, 7 de março de 2008

FOLHAS EM FORMA DE CÍRCULO




No estudo da herbologia, aprendemos a associar formas e simbolismos com as propiedades místicas das plantas. Agora vou compartilhar um pouco do que aprendi dentro da herbologia sobre folhas com formatos circulares. Esse tipo de folhagem é comum em plantas regidas pela Lua, geralmente são aquáticas ou apreciam muita água. A capuchinha (Tropaeolum sp.) é um exemplo de planta com folhas redondas; essa espécie vegeta próximo a locais alagados e sofre influência lunar.
"Muito antes de ser conhecido como um símbolo de alguns Deuses solares, o círculo era um símbolo lunar. Um dos símbolos da Deusa Hécate (Deusa lunar) é uma esfera de ouro com uma safira no centro. O círculo é uma forma geométrica sem pontas ou arestas, portanto, é um símbolo da igualdade e da harmonia. Também é um símbolo do ifinito, da imortalidade e do renascimento."
(D.J.Conway- O Livro Mágico da Lua)

Em plantas como a capuchinha, o chapéu-de-sapo e outras, o pecíolo encontra-se no centro do círculo e leva os nutrientes do centro as extremidades da folha. Trata-se de uma distribuição igualitária de energias. É uma expansão de energias que antes concentravam-se em um único ponto e são distribuídas. Em magia, cultivamos essas plantas para fazer circular energias, para distribuílas igualitariamente no ambiente. São plantas ricas em energia lunar e podem ser usadas com bons resultados em magias e oferendas para divindades asociadas a Lua.

quinta-feira, 6 de março de 2008

A MAGIA DAS BEGÔNIAS





As begônias são plantas regidas por Vênus. Suas folhas são assimétricas e o formato assemelha-se a um coração. São recomendadas para magias de alegria, serenidade e beleza. Também são conhecidas como "coração-de-estudante". As flores brancas de algumas begônias são indicadas para magias e pedidos de paz e calma. Um chá de begônia(Begonia salicifolia) pode ser tomado para tratar problemas das vias urinárias. A colheita das begônias para uso em magia deve ser feita em uma sexta-feira no horário de Vênus ou da Lua.

PLANTAS REGIDAS POR SATURNO- CARACTERÍSTICAS


-Na maioria das vezes, as plantas regidas por Saturno possuem substâncias ou propiedades narcóticas, entorpecentes ou alucinógenas.(Ex:Maconha-sofre influência de Marte e Saturno).
-Possuem gosto amargo ou acre.
-Não costumam dar frutos, mas quando dão, estes são geralmente escuros, com sabores amargos ou substâncias perigosas.
-Possuem odores fortes, acres, ácidos e geralmente fétidos.(Ex:Guiné).
-Não costumam dar flores, quando dão, são raras, geralmente com cores escuras e não muito chamativas.
-As flores de plantas saturninas costumam ter a forma de "corneta" ou "funil",na maioria das vezes voltada para baixo.
-Os galhos e folhas costumam ser escuros e duros.
-As formas dessas plantas costumam ser exóticas e raras.
-O crescimento é lento.
-As plantas carnívoras são influenciadas por Saturno.
-As raízes costumam ser bem fixas e desenvolvidas, podendoapresentar formas curiosas.(Ex:Mandrágora).
-O caule pode ser subterrâneo.

PLANTAS REGIDAS POR VÊNUS- CARACTERÍSTICAS


-Geralmente possuem sabores adocicados.
-As flores costumam ser aromáticas.
-Os frutos são repletos de sementes.
-Muitas são afrodisíacas.
-As flores são muito belas.
-Geralmente as plantas apresentam cores como o rosa e o vermelho.

PLANTAS REGIDAS POR JÚPITER- CARACTERÍSTICAS


-Geralmente possuem flores brancas, azuis ou violetas.Nem todas as plantas de Júpiter dão flores.
-Possuem aromas agradáveis.
-Possuem sabor doce e suave.
-Produzem frutos em abundância.
-Os frutos geralmente são oleosos e doces.(Ex:Nozes, amêndoas).
-As árvores regidas por Júpiter são belas e de aspecto majestoso, podendo atingir porte elevado.(Ex:Mangueira, carvalho).
-Acredita-se que as árvores regidas por Júpiter atraem a felicidade.

PLANTAS REGIDAS POR MERCÚRIO- CARACTERÍSTICAS


-Geralmente possuem sabor misto.
-As flores costumam ser pequenas e de cores variadas.
-Possuem um ritmo acelerado de crescimento.
-As plantas de Mercúrio apresentam grande variedade.
-Beneficiam a criatividade e a alegria.

PLANTAS REGIDAS POR MARTE- CARACTERÍSTICAS


-Geralmente são ácidas, amargas ou picantes.
-Podem ser venenosas.
-Possuem muito calor interno.
-Plantas espinhentas são influenciadas por Marte.
-Uma característica de plantas regidas por Marte é que algumas podem nos fazer chorar ao cortá-las ou comê-las.(Ex:cebolas).
-Algumas espécies costumam nos ferir através de espinhos, picadas, coçeiras, inflamações na pele, etc.(Ex:Urtiga).
-Geralmente possuem folhas pontiagudas ou em forma de lança.
-Podem apresentar colorações "quentes", como o vermelho.(Ex:Urucum).
-As energias de Marte nas plantas geralmente inibem a produção de flores muito chamativas ou numerosas.

segunda-feira, 3 de março de 2008

PLANTAS REGIDAS PELO SOL- CARACTERÍSTICAS.


As plantas regidas pelo sol possuem várias características peculiares que nos permite distinguí-las.Nas práticas mágicas,essas plantas podem ser oferecidas aos deuses solares;algumas também são ótimas para rituais de exorcismo,pois contém em si a luz mágica do sol e isso lhes permite incomodar e expulsar os seres trevosos e larvas astrais.As ervas solares,associadas à plantas regidas por marte,podem ser usadas sem receio em magias para expulsão das trevas .Ex:Girassol+espada-de-são-jorge(Para combater larvas astrais).
#Características das plantas solares
-Geralmente são aromáticas.
-Podem trazer a figura do sol estampada em seus frutos(ex:laranja),flores(ex:girassol) ou folhas(carnaúba).
-Possuem sabor acidulado.
-Apreciam muita luz e calor.
-Podem encolher ou afastar as suas folhas ao nascer ou ao pôr do sol.
-Podem movimentar-se de acordo com os movimentos solares(ex:girassol).

PLANTAS REGIDAS PELA LUA - CARACTERÍSTICAS.


CARACTERÍSTICAS:-As trepadeiras que voltam-se para a esquerda possuem um campo de força que volta-se para a esquerda(corpo vital) e são plantas lunares.
-Podem ser sedativas.
-Geralmente crescem perto ou dentro da água.
-São ricas em água.
-Podem possuir sabor insípido.
-Podem ser leitosas ou frias.
-Podem ser narcóticas ou anti-afrodisíacas.
-As folhas geralmente são lisas e grandes.
-Precisam de muita água para o seu desenvolvimento.
-Folhas redondas são típicas de plantas lunares.
-Podem apresentar caules rizomáticos.
-Podem ter raízes bulbosas ou tuberosas.

sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Língua de Dragão


Classificação Científica:
*Reino: Plantae
*Divisão: Magnoliophyta
*Classe: Magnoliopsida
*Ordem: Lamiales
*Família: Acanthaceae
*Gênero: Acanthus L.
*Espécies de Língua-de-dragão:
Acanthus balcanicus
Acanthus dioscoridis
Acanthus eminens
Acanthus hirsutus
Acanthus hungaricus
Acanthus ilicifolius
Acanthus mollis
Acanthus montanus
Acanthus polystachyus
Acanthus spinosus
Acanthus syriacus

Essa é uma planta rara, porém, é uma das plantas mais poderosas(magicamente falando) que conheço. A língua-de-dragão é uma planta espinhosa da família acanthaceae. Por suas folhas espinhosas e de formato curioso lhe deram o nome de língua-de-dragão; nome esse que não poderia ser melhor!!! A planta é regida por Marte, mas também possui forte influência saturnina, o que pode ser notado pelas folhas diretamente ligadas ao caule, formato raro e cresimento lento. Por tudo o que conheço desta espécie, não a recomendo para ambientes internos e "fechados", pois sua influência pode interferir até mesmo no estado de espírito de pessoas mais suscetíveis a vibrações da planta. Na magia a língua-de-dragão pode ser usada com bons resultados em rituais e feitiços de banimento, limpeza astral, exorcismos, limpeza de casas assombradas e "magias de Marte(toda magia que envolve a energia de Marte)". A língua-de-dragão é associada ao fogo e pode inclusive ser ofertada em magias que "trabalhem" com dragões, salamandras ou elementais do fogo. É com a bela folha da lingua-de-dragão que se prepara a poção "Baba-de-dragão", que é bastante útil e eficaz quando o assunto é limpar energeticamente ambientes. Desenvolvi a receita da "Baba-de-dragão" com base no conhecimento de propiedades mágicas de ervas e de influências astrológicas. É um preparo que poucos conhecem, pois só ensino pra pessoas que realmente precisam, pois não é uma poção que deve ser usada "banalmente". Você também pode usar a língua-de-dragão para proteção. Para proteger-se durante a noite, coloque uma "língua(folha)" debaixo do colchão e durma tranquilo!!! Para que os efeitos mágicos da planta sejam potencializados, colha-a em uma terça-feira, no horário de Marte.

Chocalho-de-Cascavel (Crotalaria sp.)



Uma das plantas de grande potencial mágico, que pode ser encontrada com facilidade em várias partes do Brasil é a espécie Crotalaria sp., popularmente chamada de "Chocalho-de-cascavel". A planta também é conhecida pelo nome de amendoim-do-mato, piroquinha, chocalho-de-cobra, dentre outros. 

Por ser uma planta ruderal, sua magia passa despercebida aos olhares mais distraídos. Como uma planta ruderal, costuma se desenvolver em ambientes perturbados pela ação humana, cascalheiras, depósitos de entulho, aterros, beiras de caminhos e espaços do tipo, sendo considerada uma erva-daninha em alguns casos.

O que nos interessa aqui é conhecer melhor suas propriedades mágicas. É uma planta tóxica, por isso não se deve ingerir de forma nenhuma. Na magia, suas vagens possuem uso recomendado para magias de prosperidade, fertilidade e sexo. A vagem assemelha-se a um pênis, sendo associada também à fertilidade masculina. Pode ser consagrada a divindades fálicas, como Exu, Priapo, Yarilo, etc. Em ofertas votivas com intuito de obter fertilidade masculina, aconselho deitar as vagens numa cumbuca de sapucaia, sobre pimentas vermelhas e grãos (feijão, arroz, milho, etc), cobrindo com mel ou leite. Para a mulher, se faz o mesmo, mas ao invés das vagens se utilizam as flores (parte feminina), substituindo as pimentas por rosas vermelhas.

A Crotalaria é uma planta regida pelo Sol, algo que pode ser notado por conta do movimento das folhas, que se encolhem ao pôr do sol. Para que suas propriedades mágicas sejam fortalecidas, colha-a em um domingo e no horário do Sol. Essa planta não deve ser colhida durante a noite, a não ser que queira prejudicar a virilidade de alguém. 

As vagens (pênis) também podem ser usadas sob forma de talismãs, banhos, oferendas e rituais com a finalidade de obter masculinidade, vigor sexual, atrair o sexo oposto, fortalecer a energia sexual, etc. As flores podem ser usadas para ornamentar espaços sagrados e para diversas outras magias, pois propicia brilho pessoal, fama e prosperidade financeira. As sementes propiciam prosperidade e fartura sob forma de talismãs, patuás, etc. Existem várias variedades de Crotalaria, mas a mais comum é a das fotos aqui mostradas.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails